Pug

Categoria 0 Comentários 26 Fevereiro, 2018

Classificação F.C.I.

Grupo 9 – Cães de Companhia

Seção 8 – Cães Molossos de Pequeno Porte. Sem prova de trabalho

País de Origem: China

País Patrono: Grã-Bretanha

Nome da Raça em seu país de origem: Pug

História da Raça

São cães muito antigos e cercados de mistério sobre o seu desenvolvimento, mas acredita-se que a raça tenha surgido no oriente (devido à sua semelhança com o pequinês) por volta do ano de 400 a.C.

O seu país de origem é tido como sendo a China onde ele era criado como animal de estimação nos monastérios budistas do Tibete e onde os cães com nariz arrebitado sempre tiveram grande espaço.

A sua ida para a Europa ocorreu com os comerciantes da Companhia Holandesa das Índias Orientais, sendo que desde o ano de 1500 estes pequenos cães já eram bastante populares na Holanda.

O Pug se tornou o cão oficial do Império Holandês quando um animal da raça salvou a vida do Princípe William ao dar o alarme da chegada dos espanhóis em Hermigny em 1572.

Posteriormente, quando William II chegou em Torbay para ser coroado como Rei da Inglaterra, seu cortejo incluiu a presença de diversos Pugs, fazendo com que a raça fosse considerada como cães da moda por várias gerações.

No ano de 1790, o Pug se espalhou para a França, onde a esposa de Napoleão, Senhora Josephine, utilizava o seu cão para enviar mensagens secretas escondidas em sua coleira para o seu marido enquanto ela estava presa em Les Carmes.

Posteriormente, em 1860, soldados britânicos invadiram e derrubaram o Palácio Imperial em Pequim, trazendo consigo, na viagem de volta para a Inglaterra, cães das raças Pequinês e Pug.

O reconhecimento da raça pelo American Kennel Club ocorreu em 1885, sendo que, um ano mais tarde, em 1886, foi importado da China um exemplar preto da raça pela primeira vez para a Inglaterra.

Aptidão / Temperamento

O Pug atualmente é um dos cães mais famosos utilizados para companhia. Também, não é para menos. É um cão muito gentil com todos os membros da família, sendo um animal dócil, pacato e muito apegado às pessoas.

Esse apego faz com que os cães da raça se comportem como verdadeiras “sombras” dos donos: aonde quer que você vá, pode ter certeza de que o cãozinho estará te seguindo por todos os lados!

Na verdade, o Pug se mostra dócil e receptivo com qualquer pessoa, seja ela estranha ou da família, não sendo definitivamente um cão que pode ser usado para outra função que não seja a de companhia.

Expectativa de Vida: De 13 a 15 anos

Pug

Cuidados Específicos / Doenças mais Comuns

Pug

O Pug, embora seja um dos maiores cães de companhia, são animais pacatos e que preferem um bom cochilo no sofá do que fazer atividades esportivas. O exercício deve ser realizado para evitar a obesidade do animal, mas sempre respeitando o cão, especialmente em dias quentes, pois o seu focinho achatado o faz ter dificuldades com a respiração.

Assim, são cães que se adaptam em qualquer ambiente, podendo facilmente ser criados em apartamentos, ainda que bem pequenos, sendo considerados, assim, excelentes companheiros de pessoas idosas e com pouca mobilidade.

Entretanto, por serem cães um pouco mais “carentes” do que a média, eles não devem ficar muito tempo sem a companhia de alguma pessoa.

Embora possua pelo curto, o Pug costuma soltar bastante pelo. Assim, a escovação deve ocorrer no mínimo uma vez na semana. Como são cães que possuem bastante rugas na face, as mesmas devem ser limpas frequentemente, independentemente de ser dado um banho “completo” ou não no cão (lembrando que os banhos devem ocorrer apenas quando necessário).

Assim como qualquer cão, o Pug deve ter suas unhas cortadas regularmente (caso o cão viva em ambiente que não permita o “desgaste” natural das mesmas), limpeza de ouvidos, para evitar acúmulo excessivo de cera, e escovação dos dentes regulares, com produtos apropriados para cães.

A raça pode ter predisposição a desenvolver luxação da patela, displasia de quadril, dermatites, problemas oculares e doenças cardiorrespiratórias.

Características Físicas

Pug

O Pug é um cão de tamanho pequeno/médio, possuindo as seguintes principais características físicas:

  • Tamanho: De 25 a 27 com para ambos os sexos.
  • Peso: De 6,3 a 8,1 kg para ambos os sexos.
  • Crânio: Cabeça larga, redonda e com rugas na testa. Focinho curto.
  • Trufa: Preta.
  • Dentição: Com prognatismo inferior.
  • Olhos: De tamanho grande, escuros e arredondados.
  • Orelhas: Finas, pequenas e delicadas, em formato de “rosa” (dobrada para trás deixando o canal auditivo exposto) ou “botão” (caída para a frente, tampando o canal auditivo).
  • Cauda: Alta, enrolada sobre o quadril.
  • Pelo: Curto, liso e macio.
  • Cor: Prata, abricó, fulvo ou preto.

Curiosidades

O nome “Pug”, que significa “nariz achatado”, surgiu devido a semelhança de sua face com a de um macaco de mesmo nome que era muito comum como animal de estimação por volta do ano de 1700.

A raça tem a tendência de roncar, sendo que o seu latido é bem diferente do latido da tradicional das outras raças: o som lembra um certo grunhido, que costuma ficar mais estridente quando cão quer se comunicar com alguém.

Um cão da raça também foi utilizado no filme “MIB” (Men in Black).

PugPug


Tags: Business Design Technology

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *