Cavalier King Charles Spaniel

Categoria 0 Comentários 13 Fevereiro, 2018

Classificação F.C.I.

Grupo 9 – Cães de Companhia

Seção 7 – Spaniels Ingleses. Sem prova de trabalho

País de Origem: Grã-Bretanha

Nome da Raça em seu país de origem: Cavalier King Charles Spaniel

História da Raça

O Cavalier King Charles Spaniel é uma raça relativamente nova, que tem origem em um cão muito similar (que existe até hoje) mas é uma raça diferente: o King Charles Spaniel. Fisicamente estes cães se parecem bastante, causando muita confusão inclusive para especialistas diferenciarem um do outro.

A raça surgiu por volta de 1920, quando o americano Roswell Eldridge foi para a Inglaterra tentar encontrar tipos mais antigos do King Charles Spaniel, ou seja, cães que possuíam focinho um pouco mais longo, cabeça menos achatada e corpo ligeiramente maior.

O Senhor Roswell Eldridge ofereceu um prêmio para quem conseguisse reviver tais características, o que provocou verdadeira “correria” entre os criadores, que passaram a selecionar exemplares com essas características desejadas e realizaram cruzamentos entre si.

A restauração do tipo antigo foi conseguida com sucesso, e curiosamente esses cães, chamados de Cavalier King Charles Spaniel, conseguiram popularidade maior na Europa do que a própria raça da qual foram desenvolvidos, o King Charles Spaniel.

Existem notícias de que o King Charles Spaniel é uma raça bem antiga, cujos registros remontam ao século 15, descendendo, provavelmente, de pequenos spaniels orientais, como o Chin Japonês e o Spaniel Tibetano.

Nesta época, era considerado um animal de “luxo”, eis que fazia companhia para as famílias da corte, se tornando o animal favorito do Rei Charles II (daí a origem do seu nome – “Spaniel do Rei Charles”, em inglês, “King Charles Spaniel”).

A Rainha Vitória também era uma entusiasta da raça, e, como possuía o objetivo de criar esses cães para participar de exposições e concursos de beleza, ajudou a mudar o padrão original do King Charles Spaniel, buscando desenvolver um cão com cabeça em forma de domo com focinho curto e voltado para cima, além de ter um tamanho mais compacto.

Portanto, chegamos a conclusão de que o Cavalier King Charles Spaniel nada mais é do que a tentativa de restauração do padrão antigo que os cães da raça King Charles Spaniel apresentavam.

Em 1928, o clube do Cavalier King Charles Spaniel foi estabelecido no Reino Unido, porém a raça só foi reconhecida em 1945 pelo English Kennel Club. Já nos EUA, sua aceitação é bem mais recente.

Cavalier King Charles Spaniel

Aptidão / Temperamento

Cavalier King Charles Spaniel

O Cavalier King Charles Spaniel é um cão que basicamente foi desenvolvido exclusivamente para companhia, portanto, se trata de um dos cães que mais gostam de ficar no colo das pessoas!

Desse modo, é uma raça que tem que manter estreito contato com os humanos, não podendo em hipótese alguma ser criada como cão de “fundo de quintal”.

São afetuosos, calmos, inteligentes e que aceitam bem a presença de qualquer pessoa, sejam elas da família ou não, e, como gostam muito da companhia das pessoas, são cães que se adaptam facilmente a viver em pequenos ambientes, como apartamentos.

Embora sejam obedientes, o seu lado “spaniel” costuma aflorar quando estão soltos em um grande quintal ou em um parque público, momento em que desejam explorar o ambiente, podendo, nesses casos, não obedecer as ordens dos donos e saírem em disparada atrás de tudo que os chama a atenção.

Expectativa de Vida: de 10 a 14 anos.

Cuidados Específicos / Doenças mais Comuns

O Cavalier King Charles Spaniel, por apresentar um pelo liso, sedoso e comprido, deve ter escovação realizada a cada 2 dias ou até diária, bem como ter banhos quinzenais ou semanais (dependendo do local em que o cão vive), para evitar que nós surjam nos pelos e para manter o brilho dos mesmos.

Pequenos passeios diários também são recomendados para que o cão se exercite e gaste energia, principalmente por aqueles que vivem em ambientes pequenos, como apartamentos.

A raça ainda pode sofrer com doença ocular, do coração e luxação da patela.

Características Físicas

De acordo com a CBKC, o Cavalier King Charles Spaniel é um cão de tamanho pequeno/médio.

Cavalier King Charles Spaniel

  • Tamanho: A altura na cernelha equivale a 60 a 65 cm para cães machos e é de 55 a 60 cm para as fêmeas. O comprimento do tronco excede a medida da altura na cernelha em aproximadamente 10-17%.
  • Peso: Machos: 30 a 45 kg. Fêmeas: 22 a 32 kg.
  • Crânio: Quase plano entre as orelhas.
  • Stop: Pouco marcado.
  • Trufa: Preta, bem desenvolvida e sem manchas.
  • Maxilares/Dentes: Maxilares fortes com uma perfeita, regular e completa mordedura em tesoura.
  • Olhos: Grandes, escuros e redondos sem serem proeminentes; inseridos bem afastados.
  • Orelhas: Longas, de inserção alta, com franjas em abundância.
  • Cauda: De comprimento proporcional ao corpo; boa inserção; portada alta, porém nunca muito acima da linha do dorso.
  • Pelo: Longo, sedoso, sem cachear. Admite-se uma ligeira ondulação. Franjas abundantes. Os exemplares deverão apresentar-se livres de trimming.
  • Cor: As cores reconhecidas são:
  • Preto e castanho: Preto brilhante com marcações em castanho acima dos olhos, nas faces, face interna das orelhas, no peito, nos membros e sob a cauda. A cor castanho deve ser brilhante. Marcas brancas são indesejáveis.
  • Rubi: Unicolor vermelho intenso. Marcas brancas são indesejáveis.
  • Blenheim: Marcas castanho vivo, bem distribuídas sobre o fundo branco pérola. As marcas se dividem de maneira igual na cabeça, deixando um espaço entre as orelhas para uma marca ou mancha em forma de losango muito apreciada (a única característica da raça).
  • Tricolor: Preto e branco, bem distribuídos com marcações em castanho acima dos olhos, nas faces, na face interna das orelhas, parte interna dos membros e sob a cauda.

Curiosidades

A cor mais famosa do Cavalier King Charles Spaniel é a vermelho e branco, e, como essa era a cor preferida do Rei Charles II, a mesma é chamada de “Blenheim”, em homenagem ao nome do seu castelo.

O King Charles Spaniel perdeu muita popularidade para o Cavalier King Charles Spaniel, sendo chamado, nos Estados Unidos, como “English Toy Spaniel”.

O Rei Charles II era tão apaixonado pela raça King Charles Spaniel que editou um decreto permitindo a entrada dos mesmos em qualquer lugar público, incluindo as Casas do Parlamento.

Cavalier King Charles Spaniel


Tags: Business Design Technology

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *