Vizsla – Braco Húngaro de Pelo Curto

Categoria 0 Comentários 26 Fevereiro, 2018

Classificação F.C.I.
Grupo 7 – Cães Apontadores
Seção 1.1 – Cães Apontadores Continentais – Tipo “Braco”. Sujeito à prova de trabalho para Campeonato Internacional
País de Origem: Hungria
Nome da Raça em seu país de origem: Rövidszörü Magyar Vizsla

História da Raça

Os ancestrais do Braco Húngaro de Pelo Curto, mais conhecido como “Vizsla”, são os cães caçadores que acompanhavam o povo nômade Magiar, o qual se instalou na Europa Central onde hoje conhecemos como Hungria, existindo gravuras desde o século X que ilustram esse cão.

A matilha de cães do povo Magiar era composta basicamente de sabujos e galgos, os quais, cruzados entre si, formaram os primeiros exemplares da raça.

A cor dourada característica da raça foi desenvolvida por volta do ano de 1560, quando cães que acompanhavam os povos Otomanos, bem como os cães da raça Sloughi, que são provenientes do povo árabe e são excelentes caçadores e muito velozes, foram introduzidos na criação.

Somente no Século XIX é que a raça passou a se chamar Vizsla e a apresentar todas as características que conhecemos hoje.

Alguns historiadores acreditam que o Braco Alemão tenha contribuído para a formação da raça, devido à grande influência dos Alemães na Hungria, bem como o Pointer Inglês.

A raça era uma das favoritas dos primeiros barões e senhores da guerra, os quais preservaram a pureza da raça ao longo do tempo. O forte instinto de caça foi bastante desenvolvido e aproveitado na Hungria, cujo território era basicamente agrícola e pastoril.

Os primeiros exemplares foram importados para os Estados Unidos na década de 50, sendo que o reconhecimento oficial pelo American Kennel Club ocorreu no ano de 1960, e pela FCI, em 1936.

Aptidão / Temperamento

O Vizsla é uma raça cheia de vivacidade, alegre, muito inteligente e obediente, demonstrando grande lealdade e docilidade com o seu dono.

São trabalhadores natos, com forte instinto de caça, sendo aptos para trabalharem em qualquer tipo de terreno ou situação, seja no campo, na floresta ou na água, possuindo grande tolerância para mudanças climáticas extremas.

Possui grande valentia, não tendo medo de barulhos como tiros e de outros animais em geral. O seu faro também é excepcional.

Expectativa de vida: de 12 a 14 anos

Cuidados Específicos / Doenças mais Comuns

Vizsla - Braco Húngaro de Pelo Curto

Embora sejam cães que foram criados para o trabalho em lugares amplos, o Vizsla, devido a sua natureza dócil, tem sido muito apreciado por diversas pessoas que o mantém simplesmente como animal de estimação.

No entanto, importante lembrar que o nível de atividade destes cães é muito grande, sendo indicado, desse modo, para pessoas que gostem de praticar atividades com seu animal, especialmente ao ar livre, e que possuam um lugar amplo para sua criação, como uma casa com quintal.

Ainda que seja criado como um pet urbano, o instinto de caça permanece nos exemplares, motivo pelo qual os proprietários devem ficar atentos com a introdução de outros animais de estimação dentro da casa, principalmente com os de pequeno porte, como coelhos, hamsters e furões, por exemplo.

Possuindo pelo rústico e curto, basta uma escovação semanal para mantê-los em ordem, sendo que banhos apenas quando houver necessidade.

Assim como qualquer cão, o Vizsla deve ter suas unhas cortadas regularmente (caso o cão viva em ambiente que não permita o “desgaste” natural das mesmas), limpeza de ouvidos, para evitar acúmulo excessivo de cera, e escovação regular dos dentes, com produtos apropriados para cães.

A raça é bastante forte, mas, como qualquer outra, está sujeita a desenvolver algumas doenças específicas, dentre elas a displasia de quadril, problemas oculares e de tireoide.

Características Físicas

Vizsla - Braco Húngaro de Pelo Curto

O Vizsla é um cão de tamanho médio/grande, possuindo as seguintes principais características físicas:

  • Tamanho: Machos: de 58 a 64 cm. Fêmeas: de 54 a 60 cm.
  • Peso: Machos: de 25 a 27 kg. Fêmeas: de 20 a 25 kg.
  • Crânio: Largo e levemente arredondado.
  • Trufa: Um pouco mais escura do que a cor da pelagem do cão.
  • Mordedura: Em tesoura, com 42 dentes.
  • Olhos: De tamanho médio, ovais e na cor marrom.
  • Orelhas: Portadas ligeiramente para trás na cabeça, caídas e em formato de “V”. O tamanho é de cerca de ¾ do comprimento da cabeça.
  • Cauda: Forte na base, portada de forma levemente baixa.
  • Pelo: A pelagem é curta, densa, macia e brilhante.
  • Cor: Diversos tons de dourado, em sua forma mais escura. Pequenas manchas brancas no peito, pescoço e patas são aceitas.

 

Vizsla - Braco Húngaro de Pelo CurtoVizsla - Braco Húngaro de Pelo Curto


Tags: Business Design Technology

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *