Borzoi

Categoria 0 Comentários 10 Março, 2018

Classificação F.C.I.

Grupo 10 – Lebréis

Seção 1 – Lebréis de Pelo Longo ou Franjado. Sem prova de trabalho

País de Origem: Rússia

Nome da Raça em seu país de origem: Russkaya Psovaya Borzaya – Barzoï

História da Raça

Os aristocratas russos criam esta raça por séculos. Historiadores relatam diversas expedições de governantes mongóis desde o tempo do famoso conquistador Genghis Khan, no século XIII, em que cães longos e esbeltos eram mencionados como os principais cães da matilha.

Na Rússia, os ancestrais deste cão foram dos mais variados, como antigos cães de corrida, diversos hounds e até pastores russos, que, cruzados entre si, acabaram por resultar em um cão alto, magro e extremamente ágil e atlético, fato este que permitia que o mesmo fosse muito hábil na caça de animais rápidos como a lebre (esporte este muito comum por volta do ano de 1260 na Rússia). O primeiro padrão oficial da raça foi escrito no ano de 1650.

Por volta de 1861, a caça com Borzois atingiu o seu ápice, sendo considerada um esporte nacional dos aristocratas, o que fez com que a raça se desenvolvesse de forma exponencial.

As caçadas eram realizadas com mais de 100 exemplares da raça, de diversos criadores. A raça também é conhecida como “Wolfhound Russo”, pois era muito utilizada na captura de lobos, sendo que a caça desse animal era realizada, em geral, com três cães, sendo um macho e duas fêmeas, os quais corriam atrás da presa e a prendiam até a chegada do caçador, que acabava por matar o lobo.

O primeiro exemplar da raça chegou aos Estados Unidos no ano de 1889, importado da Inglaterra. Posteriormente, em 1903, o Senhor Joseph B. Thomas (representando o Canil Valley Valley) foi para a Rússia com o objetivo de importar cães dos canis Perchino & Woronzova, cujos exemplares acabaram por se tornar a base da criação da raça neste país.

O reconhecimento da raça pela FCI ocorreu em 1956, e, pelo American Kennel Club, em 1891.

Borzoi

Aptidão / Temperamento

Borzoi

O Borzoi, embora seja um cão nato de trabalho, em muitos lares ele é apreciado apenas como um excelente cão de companhia, muito gentil e inteligente.

Como várias raças antigas e de caça, o Borzoi pode se revelar um animal um pouco “tímido” e reservado, principalmente com estranhos. Tal fato também pode ser observado no Afghan Hound, por exemplo.

São um pouco independentes e teimosos, exigindo, portanto, paciência e disciplina do seu dono para que sejam bem treinados.

Expectativa de Vida: De 9 a 14 anos

Cuidados Específicos / Doenças mais Comuns

Diferentemente de outros cães de caça, o Borzoi não é um cão que necessita de atividade física muito intensa, sendo que alguns exemplares podem ser até ligeiramente preguiçosos, o que, de certo modo, destoa do seu porte longilíneo e atlético.

Embora caminhadas diárias sejam suficientes para suprir a sua necessidade de exercício, o Borzoi é um animal que precisa, ao menos de vez em quando, estar em um lugar livre para correr e liberar o seu espírito caçador. Entretanto, tal fato deve ser feito em um local com segurança, eis que seu instinto de perseguição pode fazer com que ele dispare atrás de algo que chame a sua atenção, fazendo com que seja muito difícil parar o cão. Imagine se isso ocorre na rua? Em uma estrada? O cão seriamente pode ser alvo de um acidente.

Assim, o local ideal para criação destes cães são casas com jardins, chácaras e sítios. Apartamentos desde que a pessoa se disponha a levar o animal para os exercícios diários e para as corridas em campo aberto eventualmente.

Este instinto de caça faz com que o dono tenha que tomar cuidado com pequenos animais da redondeza, como gatos, por exemplo, que podem ser alvo do cão.

Possuindo pelo longo (maior nos machos), a escovação deve ser realizada de duas a três vezes na semana para manter a pelagem em ordem, sendo que banhos podem ser dados quando necessários, apenas.

Assim como qualquer cão, o Borzoi deve ter suas unhas cortadas regularmente (caso o cão viva em ambiente que não permita o “desgaste” natural das mesmas), limpeza de ouvidos, para evitar acúmulo excessivo de cera, e escovação regular dos dentes, com produtos apropriados para cães.

A raça pode estar sujeita a desenvolver torção gástrica, câncer nos ossos, problemas de coração e ainda pode apresentar sensibilidade para anestesia.

Características Físicas

Borzoi

O Borzoi é um cão de tamanho grande, possuindo as seguintes principais características físicas:

  • Tamanho: Machos: de 75 a 85 cm. Fêmeas: de 68 a 78 cm.
  • Peso: De 34 a 47 kg para cães machos, e de 27 a 38 kg para fêmeas.
  • Crânio: Forte e alongado, com formato oval. Cabeça elegante, com veias aparentes.
  • Mordedura: Em tesoura ou em torquês, forte.
  • Olhos: Grandes, amendoados, na cor avelã ou marrom, ambos escuros.
  • Orelhas: Pequenas, finas e delicadas, postadas acima da linha do olho e voltadas para trás. Com o cão alerta pode se portar de forma ereta.
  • Cauda: Fina, longa, em forma de sabre ou foice, inserida para baixo.
  • Pelo: Cacheado, ondulado, macio e sedoso. Na região peitoral e no pescoço o pelo é mais abundante.
  • Cor: Todas as combinações são aceitas, exceto azul e chocolate.

Tags: Business Design Technology

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *